Covid-19 Cartilha: Como ajudar os museus?

Esta cartilha está em Domínio Público, sinta-se livre para reproduzir e alterar. Possui uma sugestão para esta cartilha? Clique aqui para acessar os Contatos.

Doações Financeiras

A maioria dos museus brasileiros é de pequeno porte e está em dificuldades para arcar com o salário de funcionários e estagiários. Muitas instituições estão dispensando sua equipe em plena pandemia, pois dependiam das receitas geradas por seus visitantes (bilheteria, loja, café, eventos pagos ou patrocinados, etc.).

Entre em contato com os seus museus preferidos pela Internet (ou identifique uma instituição no Museus BR) e verifique como fazer uma doação. Colabore, ainda, na estruturação e divulgação de campanhas de financiamento coletivo, captação de recursos, divulgação de projetos e cursos on-line que por ventura o museu possa vir a oferecer.

Pressão sobre os patrocinadores

Por meio das leis de incentivo à cultura e renúncia fiscal, as empresas brasileiras e internacionais se beneficiaram (e muito) do marketing cultural, realizado através dos museus e exposições.

Deixe claro para os patrocinadores de seus museus preferidos que a rescisão de contratos e dispensa de funcionários, neste momento de pandemia, é um péssimo negócio para a imagem e a marca destas empresas.

Caso tome conhecimento de dispensas, pressione através de e-mails, telefone e redes sociais. Utilize as hashtags das empresas em suas postagens sobre os museus.

Oportunidades de trabalho

Com o fechamento, diversas instituições estão dispensando seus profissionais e estagiários, que agora, em plena pandemia, encontram-se sem meios de subsistência.

Se você pode gerar empregos ou conhece quem tem vagas disponíveis, entre em contato com os funcionários dispensados e auxilie neste processo de realocação.

Os profissionais de museus são capacitados e polivalentes, possuindo habilidades e competências intercambiáveis com diversas outras posições no mercado de trabalho.

Visitas On-line

Uma forma dos museus se manterem conectados com seu público, cumprindo sua função social, é através da Internet. Visite os seus museus preferidos virtualmente: websites, coleções on-line e/ou redes sociais.

Seja um frequentador assíduo de suas plataformas, bem como compartilhe o material produzido pelas equipes do museu, adicionando ainda as respectivas hashtags das instituições, seus projetos e patrocinadores.

Assim, não só você estará adquirindo conhecimento e cultura, como ajudará o museu a se manter relevante e a obter recursos financeiros, via marketing digital.

Voluntariado

Neste momento, os museus (especialmente os pequenos) precisam de especialistas em web design, design gráfico, provedor de Internet, etc.

Muitas instituições possuem uma equipe preparada para produzir conteúdo on-line de qualidade, porém não conta com profissionais de TI ou recursos para a terceirização deste serviço. Você pode ajudar seus museus preferidos na ampliação de sua presença na Web, fidelização de visitantes, divulgação institucional, atração de patrocinadores e cumprimento de sua função social neste período de pandemia.

Os museus provavelmente precisam, ainda, de pessoas especializadas em marketing, captação de recursos, gestão de crise e segurança (física e cibernética).

Segurança Física

Caso você trabalhe ou resida próximo a um museu, mantenha-se sempre atento à movimentações estranhas, pessoas paradas perto da instituição sem motivo aparente, janelas ou outros itens quebrados, bem como qualquer indício de que a segurança do museu possa ter sido violada.

Mantenha consigo os contatos da instituição e avise seus dirigentes e a polícia em caso de suspeitas. Ajude a salvaguardar o nosso patrimônio cultural, nossa história e nossos preciosos acervos!

Versões

Menu